Remédio que Aumenta a Libido Feminina -【VEJA AQUI】

Qual é o remédio que aumenta a libido feminina? Isso e muito mais você vai descobrir hoje aqui.

Fique ligada nesse post, pois iremos falar em que ocasiões é comum ocorrer a baixa da libido, ou a falta de desejo sexual.

A falta do desejo sexual, ou a baixa da libido pode ser provocada por vários fatores, e é possível ocorrer em qualquer mulher. Descubra o remédio que aumenta a libido feminina.

Remédio que Aumenta a Libido Feminina

Quais são as Causas da Diminuição da Libido?

São vários elementos que podem fazer com que sua libido dispense.

Isso não necessariamente ocorre em mulheres mais velhas. Pode acontecer com qualquer mulher de qualquer idade.

Essas coisas acontecem porque a baixa da libido pode estar relacionado a origens físicas ou psicológicas. Como por exemplo:

  • “Estresse”
  • Cansaço físico
  • Cansaço emocional
  • Autoestima baixa
  • Período pós-parto
  • Período de gestação
  • Problemas conjugais
  • Desequilíbrio hormonal (Ex. menopausa)
  • Fadiga
  • Má alimentação
  • Depressão
  • Tédio
  • Efeitos colaterais de medicamentos;

Em caso de medicamentos que podem reduzir a libido, não deixa de tomar os remédios sem a permissão do seu médico. Se na bula da medicação há como contra indicação a redução do apetite sexual, busque orientação para mudar de medicamento e siga as dicas que temos para aumentar a libido.

Um Pouco Mais Sobre a Principais Causas de Redução da Libido

” Stress”

Na correria do dia o estresse é muito recorrente em várias pessoas, e principalmente nas mulheres.

São tantas coisas para dar conta, trabalho, carreira, filhos, família, relacionamento, que o corpo acaba reagindo da pior maneira possível, com o “stress”.

Os efeitos colaterais do estresse pode ser psicológico quanto físico. O que pode ser pior de todos, causa problemas cardíacos.

No vídeo abaixo tem uma dica saudável, natural e barata para cuidar do “stress”, é bom até para quem não é estressado.

Cansaço físico e emocional

Tanto o físico quanto o emocional precisa de cuidados, não dar a devida atenção a essas cautelas pode gerar uma sobrecarga no corpo ou na mente. Causando o esgotamento físico ou mental.

Seus riscos a saúde são parecidos com o do estresse e a forma de tratamento também.

Praticar atividades físicas, ter uma boa alimentação, respeitar os limites do seu corpo, dormir bem, dentre outras coisas, ajudam aliviar o cansaço e aumentar o desejo sexual.

Autoestima baixa e Depressão

A baixa autoestima na maioria das vezes está associada a depressão.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) 15 de cada 100 pessoas com depressão comete suicídio. Isso é muito grave!

No vídeo o Dr. Drauzio Varella explicar melhor o que é a depressão e melhor formar de se tratar.

Se você se encaixa nas características, procure um especialista. Em casos menos intensos, ajuda muito fazer exercícios físicos e se alimentar bem.

Não pense em sentir tensão apenas para agradar o seu parceiro, coloque você em primeiro e suas vontades em lugar.

Período de gestação e pós-parto

Existe um período na gestação de uma mulher em que sua libido está elevada ao máximo, ela sente tesão o tempo todo. Porém, isso não ocorre em todas mulheres, porque cada tem mulher o período de gravidez de um jeito.

Então em alguns casos é comum a queda do desejo sexual na gestação.

Depois do nascimento do bebê, a mulher se vê tendo que enfrentar as mudanças de sua vida e de seu corpo, ela agora é mãe e o mundo pesa em cima de sua cabeça. A menor preocupação dela é transar.

É nessa hora que os seus parceiros devem se mostrar prestativo, essa parte agora vai para os homens.

Cobrar da parceira um vida sexual ativa quando se acabou de ter um filho, só trará problemas para o relacionamento. Deixar toda a responsabilidade nas mãos dela também. As mulheres não sente tensão instantâneo, por isso cabe ao parceiro proporcionar o desejo sexual respeitando a vontade de sua parceira.

O importante homens, é ser compreensivos.

Menopausa

A menopausa pode levar a baixa da libido devido às alterações hormonais.

As alterações provocadas pela menopausa pode trazer até desconforto na hora do sexo, devido à falta estrogênio, a vagina perde sua lubrificação natural e se torna mais sensível.

Mas mesmo que tem menopausa pode ter uma vida sexual ativa com a prática de atividades físicas, alimentação balanceada, prática de exercícios de estimulação sexual, etc.

Problemas conjugais

Briga e depois querer transar? Esses casos são mais comum em novela do que na vida real.

Quando um casal tem desavenças constantemente, dificilmente há tesão para transar.

Muitas mulheres fazem sexo sem sentir tensão. Mas do que adianta sexo sem orgasmo? Orgasmos “falsos” é coisa mais sem graça que existe. Entretanto é solução para muitas que querem que o sexo acabe logo por estar sentindo prazer. Isso acontece principalmente quando o relacionamento não está indo bem. Nesse caso, é melhor resolver o problema, procurar uma terapia de casal, antes de um remédio que aumenta a libido feminina, ou partir pra outra.

Muito relacionamentos às vezes não tem jeito, então é melhor parar de insistir e procurar ser feliz.

Recomendamos Um Remédio Que Aumenta a Libido Feminina

Recomendamos um ótimo remédio que aumenta a libido feminina, o Tesão de Vaca é melhor Recomendamos Um Remédio Que Aumenta a Libido Femininaestimulante natural que existe no mercado hoje em dia, que pode aumentar sua libido, proporcionando tensão na hora do sexo.

O Tesão de Vaca é um estimulante afrodisíaco 100% natural que é capaz de te fazer subir nas paredes.

Sinta prazer como você nunca sentiu antes e descubra o que é ter orgasmos de verdade. Veja mais sobre o Tesão de Vaca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 5 =